Dinheiro ou felicidade?

 

Que curso escolher? Essa é a hora que deixa todo mundo aflito, querendo arrancar a unha do dedão do pé com os dentes.

Primeiramente você deve entender que faculdade/universidade não é a única opção que você pode ter. Você pode também optar por cursos profissionalizantes ou cursos técnicos e existem diferenças entre eles, o curso profissionalizante é voltado para o aperfeiçoamento de alguma prática ou técnica e sua duração e menor, já o curso técnico exige alguns pré-requisitos, como por exemplo, que esteja cursando ou tenha concluído o ensino médio e sua duração é maior.

Você também deve saber que gostar de estudar um determinado assunto não quer dizer, necessariamente, que você será um bom profissional na área ou gostar do curso. Existe uma pequena diferença entre você estudar, por exemplo, matemática e ser uma profissional, trabalhar com isso. A faculdade não te ensina a chegar na empresa e ser o melhor no que você faz, ela te ensina as técnicas necessárias para que você possa colocar em prática e aí sim se descobrir um profissional bom.

É preciso ter um autoconhecimento para fazer a escolha certa. Sua personalidade diz muito a respeito de sua carreira profissional, então procure entender com atenção seus gostos e prazeres, assim já facilita para um direcionamento, agora que já sabe o caminho só precisa caminhar. Após entender seus gostos é importante que você pesquise sobre o curso, converse com quem já fez ou esteja fazendo, como funciona na teoria e na prática, entenda o que o profissional desse determinado curso exerce, suas funções, quanto ganha. Procure pesquisar sobre o mercado de trabalho.

Vai fazer vestibular? O curso é bem concorrido? Então tenha foco e se prepare. Se prepare para tudo mesmo, para o cansaço de tanto estudar, para o bloquei mental onde você esquece até o nome da sua mãe e para caso aconteça, se prepare para a frustração. Caso precise faça de novo, vestibular foi feito pra fazer, não foi? Então “vamo” embora fazendo. Se você se preparar bem não vai precisar ficar repetindo esse processo chato e cansativo. Foco é a palavra de ordem nessa hora.

Depois da escolha feita, entenda que faculdade não é nada igual ao ensino médio ou parecido com aqueles filmes onde todo mundo enche a cara todos os dias, andam peladxs e jogam papel higiênico durante as festas. Claro que terá diversão e bebida quando você quiser, mas a responsabilidade deve sempre prevalecer, pois você está estudando para determinar sua carreira profissional durante longos anos. Procure estudar e interagir com tudo que tenha a ver com seu curso, te ajudará na hora de fazer estágio ou para arrumar um emprego registrado.

Caso você faça uma escolha errada não se preocupe, sempre há tempo para mudanças. Você só descobre se algo é bom ou ruim fazendo.

Uma dica é que você pode procurar por universidades que deixem ter aula assistida, assim você pode conhecer um pouco do curso que pretende fazer. Outra dica que damos também para a escolha do curso é a orientação vocacional. Segue abaixo alguns lugares que você pode procurar por essa orientação gratuita:

Orientação Vocacional – IPUSP

CIEE – Programa CIEE de Orientação e Informação Profissional

Uniban – Clínica de Psicologia (Nova Anhanguera)

Instituição a Serviço da Juventude

Para saber onde encontrar orientação em outros municípios, clique aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *