Check-in: Ilha Grande – RJ

Como adoramos viajar e conhecer nosso brasilzão, segue mais uma dica linda para quem gosta de sombra e água fresca.

A convite de uma amiga embarquei nessa viagem linda. Saímos de São Paulo um pouco depois da meia-noite, por motivo de feriado a estrada estava transbordando carros e o que demoraria umas 7 horas de viagem, durou umas 18 horas, sim, isso tudo. O que compensou foi que estávamos em uma excussão e as pessoas do ônibus estavam bem animadas, cantamos de tudo, bebemos algumas cervejas que era mordomia da agência de viajem.

Era para chegarmos ao Rio de Janeiro por volta das 7 horas da manhã, mas já passava do meio-dia e estávamos na metade do caminho. Fizemos uma parada em Caraguatatuba para almoçarmos e aproveitamos e molhamos os pés na praia linda de lá.

Umas 6 horas da tarde chegamos ao cais em Angra dos Reis, aquele cheiro de mar, de água salgada já deu uma aliviada no cansaço da viajem. Aguardamos a balsa para Ilha Grande. A balsa do cais de Angra até a Ilha Grande demora em torno de 1 à 2 horas. Não é muito se pensar na diversão que é, pegamos esta balsa já à noite e para maravilha do visual era lua cheia.

Desembarcamos e fomos correndo para o hostel que é a coisa mais linda e fica menos de 5 minutos do cais. Tomamos um banho e partimos conhecer a ilha a noite e achar um bom lugar para jantarmos.

Aproveitamos a noite conhecendo as redondezas da Vila do Abraão e suas bebidas. No dia seguinte ao lado do hostel tinha uma “agência e viagem” que oferece passeios diversos aos redores da ilha. Vale a pena conferir. Pagamos por volta de R$ 60,00 reais para um barco nos leva da Vila do Abraão à praia Lopes Mendes, lá não tem bar, quiosque, restaurante e sequer banheiro. Mas não é por isso que deixa de ser linda, ou melhor, talvez seja por isso. A praia de Lopes Mendes é a sétima praia mais linda do mundo. Mar raso, uma transparência sem igual e uma impressionante variação de tonalidades. Depois de nos deixar lá o barco foi embora e voltou só mais tarde, quase no fim do dia. Quando chegamos no hostel a primeira coisa foi correr e fazer nossas necessidades. Algumas dicas caso você vá para Lopes Mendes: se alimente bem, faça suas necessidades antes, leve lanches e bebidas.

Fomos curtir mais uma noite na ilha com música, a galera da excussão tinham levado alguns instrumentos e fizerem um “luau” na beira da praia, mas a polícia de lá nos barrou e disse que já era tarde e estávamos fazendo barulho próximo às pousadas e não podia. Fomos para o píer e foi lindo. Veja nos vídeos.

Bateu aquela tristeza na hora de ir embora, mas foi tudo ótimo e lindo. Tivemos alguns problemas com a chuva na hora de ir embora de barca, veja também nos vídeos.

Na Ilha Grande você pode fazer um tour pelas redondezas do ilha, pode escalar o ponto mais alto que é o Pico do Papagaio, nadar com os peixes, fazer mergulhos. É um paraíso, vale a pena conhecer.

Na época gastei R$ 350,00 para a agência de viagem (ida, volta e hospedagem) e mais uns R$ 200,00 reais com os gastos de almoço, janta e bebidas. Preço pequeno para o tamanho de sua beleza.

Aproveitando, quero esclarecer que a demora em chegar ao destino não foi por conta da empresa que escolhemos ir e sim a data e estrada, pois já fui a outras viagens com eles e deu tudo certo.

Ilha Grande foi um dos lugares mais bonitos que fui até hoje.

Nós links disponíveis no texto você pode verificar valores, horários e disponibilidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *